Fique por dentro das notícias mais recentes

Loading...

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Kobe, a cidade mais limpa do Japão

As cidades japonesas sempre foram reconhecidas pela limpeza de suas ruas, parques, praças e monumentos.
Na última pesquisa realizada em 2011, pela consultoria americana Mercer, onde se traçou um perfil das grandes cidades na Europa, Ásia e America no Norte, quanto à qualidade de vida, a cidade de Kobe ficou em 9º lugar no ranking das cidades mais limpas do mundo, cabendo a cidade canadense de Calgary, o 1º lugar.

 Localizada junto a um dos maiores portos comerciais do mundo, a cidade japonesa de Kobe é conhecida pela beleza de seu meio-ambiente e pela variedade de entretenimento na área urbana da cidade, cuja paisagem é realçada pelo Monte Rokko.
Quando o assunto é qualidade de vida, Kobe apresenta desempenho invejável, com elevadas taxas de expectativa de vida e alfabetização, quase 100%. Em termos de limpeza, a cidade se orgulha do seu sistema de drenagem de águas residuais, separadas de modo que as fortes chuvas não afetam o tratamento de resíduos.
Outro ponto a favor da atmosfera "clean" são os sistemas viários projetados para manter o tráfego em movimento constante, garantindo menor emissão de poluentes ocasionados por congestionamentos.


Nas pesquisas anteriores, o Japão sempre esteve em melhor posição no ranking das cidades mais limpas, inclusive contando com mais de uma cidade entre as 10 mais limpas.

Mas o fato é que outros países acordaram para o tema “Limpeza nas Cidades” e não mediram esforços para desenvolverem projetos para modernizar o sistema de coleta e reciclagem de lixo, contando com a contribuição de empresas e da população, agindo em conjunto para melhorar a imagem das cidades.

O fato de Kobe ser eleita a cidade mais limpa do Japão, foi um reconhecimentos a todo esforço que foi feito durante quase duas décadas. Em janeiro de 1995, a cidade foi atingida por um grande terremoto que vitimou milhares de pessoas e praticamente destruiu toda a cidade. Edifícios comerciais, pontes, viadutos, estradas, casas, escolas, indústrias, enfim, tudo destruído.



Após a catástrofe, governo, empresariado e população se uniram e fizeram uma promessa de reconstruir a cidade, tornando-a mais moderna, tecnológica e sustentável.

Todos os esforços forma feitos para atingir o objetivo no menor tempo possível, e em menos de 10 anos a cidade estava totalmente reconstruída e o próximo passo seria atingir a melhoria da qualidade de vida da população, tornando-se, uma das melhores cidades japonesas para se viver. E o reconhecimento veio em 2011, com a conquista do título de cidade mais limpa do Japão.

Agora o esforço é para melhorar essa posição no futuro, buscando a 1ª posição, e o trabalho já esta em andamento. Técnicos da prefeitura estão fazendo um levantamento dos pontos fracos que a consultoria Mercer citou no relatório das cidades, procurando melhorar a situação. Um dos problemas fica no entorno do Porto de Kobe, que é um dos mais movimentados do mundo. Diariamente, caminhões, tratores e milhares de pessoas de diversas nacionalidades circulam pelo local. O principal desafio é conscientizar cidadãos estrangeiros que nem sempre contaram com uma educação ambiental nos seus países de origem, a manter o local limpo.


0 comentários:

Postar um comentário